Alice

Quando comecei a consultoria de carreira não tinha muito ideia do que era, nem do resultado que poderia me trazer.
Começamos de forma despretensiosa e aos poucos, durante o processo, fui percebendo quais eram meus pontos fortes e meus pontos de melhoria, e o mais importante foi perceber que na verdade eu não tinha um objetivo profissional e pessoal bem definidos.
Isso me impactou bastante.
A consultoria me fez perceber que eu havia esquecido de quem eu era e o que eu gostava de fazer, deixando a vida me levar e esquecendo de mim. Isso me deixou triste no início, mas seguimos trabalhando este ponto para que eu pudesse me encontrar novamente.
Quando eu defini qual era o meu objetivo na vida profissional, comecei então a buscar ajuda e a dar atenção a algumas questões emocionais, até então deixadas de lado. Sempre fui uma pessoa muito verdadeira e sincera, porém as vezes não sabia como externar tudo o que sentia. O processo com foco na carreira me ajudou a ser uma pessoa mais focada no meu objetivo, consequentemente me ajudou a controlar melhor algumas emoções. A análise que faço é que valeu muito a pena, afinal depois de organizar pensamentos e atitudes, fui promovida no meu trabalho.